Aquele que procura a verdade corre o risco de a encontrar
Segunda-feira, 20 de Dezembro de 2004
Crianças em risco sem locais de acolhimento
A Comissão de Protecção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Alenquer está a assinalar uma média de cinco novos casos por mês e actualmente acompanha 47 processos. «A maior parte dos casos refere-se ao abandono escolar surgido depois de situações de negligência por parte das famílias, maus tratos físicos e abuso sexual», diz Jorge Riso, vereador com o pelouro da Acção Social.

O maior problema é que «as instituições de acolhimento estão sobrelotadas e não há resposta para os casos mais prementes de crianças em risco», diz o responsável. Segundo o vereador, «as zonas do Carregado e de Vila Verde dos Francos (norte do concelho) são as mais problemáticas». Jorge Riso assume que está «particularmente preocupado com o facto de a imigração - sobretudo ao nível de famílias brasilei- ras - estar a ter cada vez maior peso nas denúncias que chegam até à comissão».


publicado por Carlos José Ferreira às 14:25
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27

29
30
31


posts recentes

...

Alenquer sera a primeira...

Via de Cintura de Alenque...

Desperdício de Agua em Al...

Obras sem dono, em Alenqu...

DEM, Dispositivo electrón...

Obra de Santa Engrácia In...

Eleições autárquicas inte...

Eleições em Alenquer

Em terra de cegos quem te...

arquivos

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Dezembro 2007

Fevereiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Dezembro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds