Aquele que procura a verdade corre o risco de a encontrar
Quarta-feira, 10 de Novembro de 2004
Trinta anos de ausência de políticas
Este executivo camarário não conhece a realidade deste concelho é a conclusão que se pode tirar da desgovernação Socialista dos últimos trinta anos em Alenquer.

Desde que chegou ao poder o executivo Camarário tem feito uma gestão municipal pela negativa, até porque, esta maioria, não serve os interesses de Alenquer e dos Alenquerenses .

Uma outra questão que me preocupa, tem a ver com os recursos humanos.

Neste sentido, considero que, a cada festa, cada inauguração ocupa e gasta o tempo de trabalho dos funcionários da câmara que em vez de se ocuparem com as suas tarefas de funcionário público vêm se ocupados com a ininterrupta preparação de festas e eventos, que para mais na maioria dos casos são mal divulgados.

Em vez de resolver os problemas que ainda persistem após tantos anos de ocupação, ocupa os seus funcionários com tarefas supérfluas.

O facto é que o executivo comandado por Álvaro Pedro não tem uma politicade desenvolvimento sustentável, onde estão as rotundas do Carregado, onde esta o Centro de Saúde de Alenquer onde esta a regularização do leito do Rio de Alenquer, onde estão as zonas industrias, onde esta a habituação condigna e sem fabricas a mistura. Onde esta a alternância de ideias ?

Quais são as principais linhas de intervenção social, económica e política deste executivo?

O que se passa com o saneamento porque andam as equipas de limpeza e reparações da câmara, ocupadas com outras tarefas (como por exemplo garantir a data de inaugurações e festas avulsas) e que por isso deixaram de percorrer as ruas do concelho, basta olhar para o chão da sede de concelho para pensarmos que estamos num pais de terceiro mundo

Já no campo social a desilusão é ainda maior, com os erros na política de habitação social ( falta da mesma) e desorganização urbanística e a total falta de tomada de medidas que visem combater as construção desmedida que vimos crescer nas encostas da Vila.


Em trinta anos de ausência de políticas que beneficiassem Alenquer, o executivo camarário, envio Alenquer para um atraso irremediável, não quero deixar de salientar que as criticas não se devem ser o PS que esta no poder em Alenquer , pois o mal esta nas pessoas e não nos partidos, pois em Câmaras Socialista aqui bem próximo de nós podemos ver trabalho feito e em muito menos tempo.


publicado por Carlos José Ferreira às 07:25
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27

29
30
31


posts recentes

...

Alenquer sera a primeira...

Via de Cintura de Alenque...

Desperdício de Agua em Al...

Obras sem dono, em Alenqu...

DEM, Dispositivo electrón...

Obra de Santa Engrácia In...

Eleições autárquicas inte...

Eleições em Alenquer

Em terra de cegos quem te...

arquivos

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Dezembro 2007

Fevereiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Dezembro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds