Aquele que procura a verdade corre o risco de a encontrar
Quinta-feira, 30 de Setembro de 2004
Guerra Civil
Vinte e um mortos, 78 feridos graves e 598 feridos ligeiros é o balanço dos 1.955 acidentes rodoviários registados durante a última semana nas estradas portuguesas, segundo dados provisórios hoje divulgados pela GNR.

De acordo com os dados da GNR, desde o início do ano morreram 737 pessoas em 81.044 acidentes, que causaram ainda 2.237 feridos graves e 23.791 feridos ligeiros.

Não seria de pensar em pedir uma força de interposição das Nações Unidas, os célebres capacetes azuis, para vigiar as nossas estradas?

No mesmo período quantas pessoas terão morrido e ficado feridas no Iraque?

A GNR está lá, devia estar cá



publicado por Carlos José Ferreira às 11:40
link do post | comentar | favorito
|

Alenquer
alenqu02.jpeg


publicado por Carlos José Ferreira às 11:36
link do post | comentar | favorito
|

Somos fortes em leis
"Neste fim-de-semana, ocorreram dois dos mais aparatosos e trágicos acidentes de viação. O facto serviu logo de pretexto para se desatar a falar do Código da Estrada, que, aliás, já estava em curso de alteração profunda. Mas, fosse como fosse, insistiu-se na necessidade de uma nova lei estradal (eu ia a dizer "providencial"). Como se na alteração da lei residisse a panaceia para os desmandos que enxameiam as estradas. Quantas alterações é que teve o Código da Estrada nos últimos anos? Eu, por mim, já cheguei à conclusão de que nem vale a pena perder tempo a lê-las, porque, acabada a leitura, já o texto não está em vigor. Ainda me lembro de Paulo Mendo, nas colunas deste jornal, aqui há uns anos, saudar o aparecimento de um novo Código, da responsabilidade do Governo de que ele era ministro, com estas palavras: "Abençoado Código!". Abençoado, porque era mais duro. Afinal, o abençoado deu na maldição que se conhece. Em Portugal, já se sabe como é: à mínima desgraça com impacto mediático, vêm os responsáveis e clamam: "Altere-se a lei!" Deu-se o caso da criança de Figueira e vêm os responsáveis do sector e dizem: "É preciso reforçar as leis de protecção à criança." Vem o Verão e, com ele, os fogos, e logo se pensa em criar novas leis para deitar água nos fogos. Surgiu o caso "Casa Pia" e veio logo um coro chamar à liça os legisladores para abrirem os cordões à bolsa e legislar desassombradamente, profundamente, sobre uma catadupa de matérias, abrangendo todo o Código de Processo Penal. Um Código que surgiu em 1987 e já teve uma série de alterações mais ou menos extensas! Neste país instável e inseguro, quase se poderia dizer que os legisladores são os bombeiros de serviço.

Artur Costa escreve no JN, semanalmente, às quintas-feiras "


publicado por Carlos José Ferreira às 07:58
link do post | comentar | favorito
|

30-09-04
pn.jpeg


publicado por Carlos José Ferreira às 07:56
link do post | comentar | favorito
|

Nova viatura atribuída ao Programa Escola Segura
O Núcleo Escola Segura do Destacamento da GNR de Alenquer vai ser dotado com mais uma viatura. Trata-se de um Opel Combo Tour e será cedido à força policial pela Câmara Municipal da Azambuja, através de um protocolo a celebrar em breve. A viatura, totalmente equipada ao nível de comunicações, será afecta exclusivamente à segurança nas escolas do concelho de Azambuja.

Até agora, a intervenção do Programa Escola Segura no concelho era integrado num plano que englobava também os concelhos de Alenquer e Cadaval, mas a partir da assinatura do referido protocolo a Azambuja contará com a exclusividade de uma viatura, que se irá traduzir, segundo um comunicado divulgado pela autarquia, "num reforço da segurança escolar".

Refira-se que no âmbito do Programa Escola Segura, o Destacamento da GNR de Alenquer efectuou no fim-de-semana uma acção de sensibilização denominada "Regresso às aulas em segurança com a Guarda Nacional Republicana", numa média superfície comercial da vila de Azambuja. A acção, entre outros aspectos, alertou os pais para as medidas de protecção que podem adoptar para tornar mais seguro o percurso dos filhos para a escola.



publicado por Carlos José Ferreira às 07:52
link do post | comentar | favorito
|

cannabis
O consumo de cannabis continua a aumentar, sobretudo no meio escolar, diz o relatório do Instituto da Droga e da Toxicodependência, referente a 2003.


publicado por Carlos José Ferreira às 07:49
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 29 de Setembro de 2004
Portugueses querem referendo sobre o aborto
Quase 60% dos portugueses defende a necessidade de descriminalização do aborto em Portugal, sendo que perto de 80% gostaria que tivesse lugar um novo referendo sobre o aborto. Esta é uma das principais conclusões do barómetro da Marktest para o Diário de Notícias e TSF.

Resta depois verificar a percentagem de participação nesse referendo!!!


publicado por Carlos José Ferreira às 07:35
link do post | comentar | favorito
|

Concorrência multa hipermercados
A Autoridade da Concorrência (AC) aplicou, no primeiro ano de actividade, coimas de 815 mil euros às grandes cadeias de distribuição por vendas de produtos mais baratos, noticia o Jornal de Negócios.

Só mesmo em Portugal é que se multa quem vende mais barato, se for mais caro pode vender ??


publicado por Carlos José Ferreira às 07:29
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

Terça-feira, 28 de Setembro de 2004
Candidatos, sim, não ou talvez
Um dos temas que ira marcar com mais força a política em Alenquer, é o processo de escolha dos candidatos para as próximas eleições autárquicas.

É muito importante que saber-se qual será o próximo cabeça de lista pelo maior partido da oposição uma vez que a seleção deve ser muito interessante, ver como se desenrolará o processo de escolha interna após todas as crises pelas quais o PSD de Alenquer passou, será que Nandim de Carvalho esta disponível para voltar a carga contra o velho dinossauro, tendo que ultrapassara as divergências com o presidente da concelhia? Será que o PSD local vai querer apoia-lo de novo, para depois o vir desautorizar ? Qual será a estratégia definida pelo concelho nacional para a região oeste e em particular para o concelho de Alenquer?

Em relação a CDU poucas duvidas restaram, de que o candidato continuara a ser o mesmo, que foi eleito nas ultimas eleições, Catarino, devera continuar a receber o apoio dos seus pares indiscutivelmente, tanto mais, que no ultimo acto eleitoral acabou por conseguir roubar a freguesia de Abrigada a maioria socialista.

No caso do PS ai as coisas mudam de figura, cada vez se ouvem mais vozes criticas no interior do partido em relação a reeleição de Álvaro Pedro, pela falta de obra feita, pela falta de ideias e pelo esgotamento político do homem que esteve frente dos destinos da câmara nos últimos trinta anos.

Compreendo que existe a necessidade de um partido se mostrar plural e concorrido, que é preciso mostrar que uma organização do género não se faz apenas de negociatas no escuro ou compadrios, de pagamento de favores e favorecimento de conhecidos, mas sim de debate de ideias e democraticidade, isso terá efectivamente de acontecer em Alenquer, para que seja encontrada de uma vez por todas uma alternativa credível dentro das hostes socialistas.

Para o PND tudo esta em aberto, seria agradável voltar a ver o Francisco Martins de regresso a actividade política, com a idoneidade e competência que lhe é conhecida, seria de certeza uma lufada de ar fresco na assembleias de câmara.

Em relação aos independentes, que integrem um lista em que possam trabalhar efectivamente na melhoria do nosso concelho, que não sejam apenas um numero na lista A ou B.

Era de toda a forma interessante assistirmos desde já ao inicio do debate de ideias, para que os alenquerenses pudessem ajuizar de forma correcta quem ira defender melhor os nossos interesses.


publicado por Carlos José Ferreira às 07:18
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Quinta-feira, 23 de Setembro de 2004
FC Porto empata (1-1) em casa frente à U. Leiria
4porto.jpeg

Depois de uma primeira parte "mexida", a equipa de Victor Fernandez encostou-se à sombra da vantagem mínima e acabou por pagar bem caro esse relaxamento. Os azuis e brancos ainda não ganharam e cederam o terceiro empate na SuperLiga .

E desta forma o Porto cede o terceiro empate na liga. Assim não!


publicado por Carlos José Ferreira às 07:32
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27

29
30
31


posts recentes

...

Alenquer sera a primeira...

Via de Cintura de Alenque...

Desperdício de Agua em Al...

Obras sem dono, em Alenqu...

DEM, Dispositivo electrón...

Obra de Santa Engrácia In...

Eleições autárquicas inte...

Eleições em Alenquer

Em terra de cegos quem te...

arquivos

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Dezembro 2007

Fevereiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Dezembro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds