Aquele que procura a verdade corre o risco de a encontrar
Sábado, 25 de Abril de 2009
35 anos de revolução dos cravos, será que a democracia tarda em chegar a Alenquer...

A política em Alenquer precisa urgentemente de uma intervenção cirúrgica, pois não podemos continuar a viver num marasmo político sem qualidade governativa.
Acredito piamente que com uma estratégia em que se incluam todos os cidadão e se destine a todos, será esta a única forma de promover o desenvolvimento sustentável do nosso concelho e será de certeza a única forma de promover o bem estar social e a qualidade de vida para quem reside em Alenquer, para que isso aconteça é necessário e urgente que os políticos de Alenquer, saiam a rua e discutam abertamente as suas ideias com a sociedade civil.

Como jovem, elejo como principal barreira a ultrapassar a noção que devemos ter da política, não num sentido formal, mas de uma forma natural que surja de uma participação da sociedade na política através de uma simples troca de ideias entre pessoas sobre determinado assunto, é para isso que existe a democracia e é por isso que vamos comemos hoje o 25 de Abril. O ideal seria ver as pessoas de Alenquer a mostrarem-se inconformadas com o actual cenário, criado pela desgovernação dos socialistas de Alenquer nas últimas três décadas e meia, que aproveitassem de verdade o acto eleitoral que se advinha para mostrar o seu descontentamento.

O ideal seria a sociedade civil fazer parte da resolução dos problemas existentes no nosso concelho, obrigar os eleitos autárquicos, a cumprirem as suas promessas, a trabalhar lado a lado com a oposição, num caminho de evolução para o desenvolvimento e para uma verdadeira democracia. Mostrarem preocupados com baixíssimo, nível intelectual de alguns dos nossos políticos e com a ligeireza com que por vezes são tomadas decisões sem a consulta prévia de quem os elegeu, quer nas assembleias de freguesia, quer na Câmara.

Com o 25 de Abril, abriu-se a porta a exigência, de que os políticos sejam sérios, e não apenas que assim pareçam, temos de exigir mais qualidade no trabalho e nas decisões daqueles que são eleitos e pagos, por todos nós, para resover os problemas que nos afectam, sem favores, nem por favor, pois politica em democracia é trabalhar em pró da comunidade que os elegeu. Continua a questionar me muitas vezes, se a classe política instalada em Alenquer a mais de três décadas, é capaz de dar resposta ás legitimas expectativas da população do nosso concelho?

Não por favor, mas porque é a sua obrigação, pois é para que possamos exigir dos políticos uma sociedade melhor, que aconteceu o 25 de Abril de 1974
 



publicado por Carlos José Ferreira às 10:03
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27

29
30
31


posts recentes

...

Alenquer sera a primeira...

Via de Cintura de Alenque...

Desperdício de Agua em Al...

Obras sem dono, em Alenqu...

DEM, Dispositivo electrón...

Obra de Santa Engrácia In...

Eleições autárquicas inte...

Eleições em Alenquer

Em terra de cegos quem te...

arquivos

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Dezembro 2007

Fevereiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Dezembro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds